Header Ads

Seo Services

Um anime para toda a vida - Beck: Mongolian Chop Squad


Beck é uma série de mangá criado por Harold Sakuishi, e publicado na revista mensal Shonen Magazine em 1999. Depois foi adaptado para anime pelo estúdio Madhouse, contando com 26 episódios exibidos na TV Tokyo entre outubro de 2004 e março de 2005.
Beck conta a história de um grupo de cinco adolescentes japoneses que formam uma banda de rock, e as dificuldades pelas quais passam a maioria das bandas que tentam a sorte no Japão (e no mundo).

A História ( pode conter Spoiler)

No início, somos apresentados a Yukio Tanaka, apelidado de Koyuki por Izumi, sua amiga de infância, um garoto japonês de 14 anos com uma vida monótona, muito tímido e nada popular na escola. Sua vida começa a mudar quando espanta alguns garotos que estavam maltratando um cachorro (pouco comum, diga-se de passagem) com o nome de Beck e, consequentemente, acaba conhecendo o seu dono, Ryuusuke Minami. Ryuusuke Minami, o fenomenal guitarrista da banda Serial Mama, é um rapaz de 16 anos que voltou há pouco tempo de Nova York, onde viveu um bom tempo. Por isso, ele age mais como norte-americano do que como japonês. Na América, Ryuusuke foi influenciado por um amigo músico Eddie, que no momento presente possui uma banda conhecida mundialmente como Dying Breed (DyBre). No ano passado, Ryuusuke e Eddie tinham feito uma promessa de tocarem juntos novamente. Ryuusuke, na verdade voltou para o japão meio fugindo, pois a guitarra que ele possui é muito famosa por lá, e é conhecida pelo nome de Lucille. Na América, Ryuusuke e Eddie roubavam carros para se divertir, até que um dia roubaram o carro errado. Dentro do carro estava Lucille, a guitarra, e Beck o cachorro. Então, Ryuusuke levou Beck e a guitarra dizendo que ia continuar o legado de Sonny Boy. Só que descobriram que Lucille está com Ryuusuke, no Japão, e Leon Sykes, sobrinho de John Lee Davis (o verdadeiro dono de Lucille) e dono de uma grande gravadora, foi para o Japão pegar Lucille de volta e acabar com a vida de Ryuusuke. Então Ryuusuke influencia Koyuki a tocar guitarra emprestando uma guitarra a ele para ele aprender, mas coisas desastrosas acontecem fazendo os dois brigarem. Apesar de tudo, eles voltam a ser amigos e Koyuki aprende a tocar, entrando com seu amigo de escola Saku, na nova banda de Ryuusuke, chamada Beck, o nome do cachorro, além de Chiba no vocal e Taira, um dos melhores baixistas da cidade, mas descobrem que Koyuki canta bem e ele acaba dividindo os vocais em músicas com Chiba, apesar de que em algumas canções eles cantam individualmente. A banda Beck vive muitas aventuras em seus shows, suas turnes e shows em festivais, fazem eles conseguirem sucesso com o tempo. Koyuki também gosta da irmã de Ryuusuke, mas a influência artística que a garota recebe de pessoas famosas, torna tudo realmente dificil para Koyuki.

  

Mongolian Chop Squad

  

Após um show de rotina a banda é visitada por um produtor que possui a intenção de levar a banda aos EUA, porém Ryuusuke recusa, deixando-o apenas vender os cds da banda na América. O produtor altera então o nome da banda para Mongolian Chop Squad, a venda faz sucesso e os Mongolians Chop Squad entram na lista dos mais vendidos. Entretanto, como Ryuusuke não assinou o contrato, eles não lucram nada. A capa da versão americana mostra Ryuusuke com Lucille, e é quando Leon descobre o paradeiro da guitarra.


Banda Beck - Mongolian Chop Squad

 

  • Chiba Tsunemi - Energético e carismático, Chiba é o vocalista da banda. Tem um estilo hip-hop de cantar que faz agitar a galera que o escuta. Provavelmente a mesma idade do Ryuusuke, de todos foi o útimo a ver o sonho, isso gerou um sentimento de exclusão da banda que o motiva a abandona-lá as vésperas de um grande show, porém ele volta a tempo. (Segundo o autor, Chiba foi inspirado em Zack de La Rocha dos Rage Against the Machine.
  • Taira Yoshiyuki - Um sério baixista, sempre estava a procura de uma banda que tivesse uma boa "química". (Segundo o autor, Taira foi inspirado no baixista Flea de Red Hot Chili Peppers). Devido as suas exímias habilidades, já passou por outras 3 bandas antes do Beck. É indispensável para qualquer banda.Tem 17 anos. No princípio era contra a inclusão de Koyuki na banda, mais após vê-lo cantar FACE, ele muda de ideia.
  • Tanaka "Koyuki" Yukio - Personagem principal, Koyuki reclamava da monotonia de sua vida, até encontrar Ryuusuke que o influencia a entrar no mundo do Rock e a tocar guitarra. Tem 14 anos, iniciou seu aprendizado sobre fortes influências do rock britânico sob os ensinamentos de Saitou.
  • Yuji Sakurai (Saku) - baterista da banda, colega de escola de Koyuki, um cara bem calmo e bastante maduro. Sua frase preferida é: "os outros são os outros". Ele diz isso sempre que alguém está preocupado com a "concorrência". Tem 14 anos, após a fama de Koyuki ser arrasada pelos valentões do colégio, apenas Saku conversa com o mesmo.
  • Minami "Ray " Ryuusuke - Um grande guitarrista e dono de uma incrível noção musical. Ele é um nipo-americano. Quando mais jovem, fazia parte da mesma banda que Eddie Lee, o guitarrista da famosa banda Dying Breed. Tem uma grande rivalidade com o guitarrista do Belle Ame, que também montaram uma banda juntos antes do Beck. Tem 16 anos.


Impossível não se apaixonar pela série, desde o início nos identificamos com Koyuki, acompanhamos toda sua evolução no aprendizado da guitarra, torcemos pelo seu romance com Maho e pelo sucesso da banda.
Koyuki é o típico adolescente japonês: tímido, inseguro e com poucos amigos. Ver sua evolução dentro da série é algo emocionante, de um garoto sem motivação e apagado até um conhecido músico de uma banda promissora do Japão.
A relação entre os membros da banda também é algo a ser destacado, com conflitos e problemas internos (comum em qualquer banda), mas sempre sendo vencidos pela amizade e companheirismo.
A trilha sonora é uma das melhores e mais marcantes que já foram usadas em um anime, com a banda Beat Crusaders fazendo boa parte das músicas do anime, com destaque para a abertura Hit in the USA e a romântica Moon on the Water. Sem esquecer o cover dos Beatles ''I've got a feeling'' que é tocada num dos momentos mais emocionantes do anime.

Por essas e outras Beck se tornou um marco dos animes, sendo até adaptado para o cinema, e pode ser considerado um dos melhores de todos os tempos, com personagens muito bem desenvolvidos, trilha sonora marcante e história envolvente que mostra os bastidores de uma banda e seus problemas. Vale a pena acompanhar e se emocionar com Beck:  Mongolian Chop Squad.


 

Nenhum comentário